Perguntas Frequentes

Como funciona o SPC Direto ?
O princípio é o mesmo que dos protestos em cartório. 1- Cadastra-se uma dívida vencida. 2- A situação de descumprimento fica divulgada o que incentiva a sua liquidação. 3- Após liquidação a pendência é retirada do cadastro. Todas as empresas inadimplentes sabem que a divulgação das suas pendências financeiras prejudica os seus negócios. A inclusão duma entidade inadimplente no SPC Direto proporciona a maior divulgação possível deste descumprimento. Quem pesquisar na Net sobre esta empresa vai saber que ela não respeita os compromissos. A única maneira de se livrar desta marcação e sair da base de dado será entrar em contacto com o credor para chegar a acordo. Só assim será retirado o registro onde consta a dívida vencida.
Não paguei numa loja que me vendeu um produto estragado e eles me botaram no SPC Direto, como tirar o meu nome ?
Á diferença dos outros SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) onde pessoas indevidamente cadastradas não têm meio de se defender, o SPC Direto disponibiliza essa proteção. Qualquer devedor beneficia dum direito de resposta que lhe permite indicar porque o pagamento não foi feito. No seu caso poderá informar que não pagou por causa da qualidade do produto e quem consultar o seu cadastro verá a sua explicação. Para isso basta escolher a opção "Direito de Resposta", digitar o seu CPF ou CNPJ, selecionar a dívida contestada clicar em responder para poder inserir o seu comentário ou juntar um documento (formato JPEG ou GIF) que comprova a sua posição.
Um cliente me pagou depois de o ter cadastrado no SPC Direto o que devo fazer ?
Como estipulado nas condições de utilização, o beneficiário duma dívida deverá informar o site SPC Direto logo após o pagamento. Basta escolher a opção "Estado da Dívida", entrar o código e a senha fornecida na altura do cadastro da dívida e indicar a data do pagamento efetuado pelo devedor. Desta forma, a dívida paga sairá dos registros em aberto do devedor.
Qual é a garantia da veracidade das informações cadastradas ?
Quem cadastra uma pendência financeira o faz sob sua responsabilidade e é responsável pelas suas declarações. O SPC Direto recomenda que seja anexada ao cadastro, a cópia do título de crédito para reforçar os efeitos da declaração. O usuário terá desta maneira, a possibilidade de confrontar os elementos do registro (valor, natureza do título, vencimento) com a cópia do documento que o suporta. Além disso o registro duma divida será acompanhado da versão do devedor se este contestar os dados da declaração do beneficiário. Para maior garantia, o SPC Direto se reserva ainda o direito de excluir todos os registros objetos de contestação.
Qual é a diferença entre o cadastro no SPC Direto e o protesto em cartório ?
As especificidades do SPC Direto são as seguintes: -Facilidade de consulta. -Rapidez e maior âmbito da divulgação. Á diferença dos outros serviços de proteção ao crédito, o cartório é o único órgão de autoridade e fé pública que confere efeitos legais a seus registros. Porém, os custos de consulta e de cadastramento dos protestos em cartório limitam a sua utilização. Apesar dessas diferenças, o princípio dos 2 serviços é o mesmo: divulgar uma situação de inadimplência para obter a liquidação da dívida.
É possível cadastrar cheques devolvidos ou quota de condomínio em atraso ?
Todos os títulos de dívidas podem ser cadastrados. Notas fiscais, cheques devolvidos, duplicatas, notas promissórias, cédulas de crédito, contratos de mútuo, contratos de câmbio, recibos de aluguel, recibos de condomínio, notas de crédito, letras de câmbio, confissões de dívida, termos de acordo, são alguns dos documentos que costumam ser cadastrados.
O serviço se destina só a Pessoas Jurídicas ?
Não, as Pessoas Físicas podem também ser cadastradas como inadimplentes. Para cadastrar uma Pessoa Física é necessário conhecer o CPF dela e indicar todos os elementos da dívida vencida e não paga. É melhor juntar uma cópia do título da dívida (formato JPEG ou GIF), más isto não é obrigatório. O cadastro de uma Pessoa Jurídica é semelhante e se faz com o CNPJ.
Como saber se os meus clientes estão cadastrados no SPC Direto ?
Basta entrar no SPC Direto e escolher pesquisar no menu do site. Depois é necessário indicar o CNPJ ou CPF para ver a listagem e os detalhes das dividas vencidas e não pagas. É também possível ver a cópia do título da dívida se ela tiver sido anexada ao cadastro.